Carta a Pedro

Pedro,

Na segunda foram dois, ontem mais um e para a semana segue outro. Todos têm algo em comum, o de satisfazer o teu desejo: emigrar! O Portugal que tu queres cumpre-se, para minha grande tristeza e de muitos da minha geração. Vemos os nossos amigos partir, rumo a novos países, em busca do trabalho. Não digo melhores condições de trabalho; apenas trabalho!

Gostava de acreditar que o que tens feito, mais os que te assistem, é para o nosso bem mas custa crer que assim seja.

A geração do meu pai também teve de emigrar, em força! Recentemente talvez tenhas assistido a um filme que retrata um pouco essa geração (A Gaiola Dourada). Lá podes ver o desejo que eles têm em regressar, enquanto os filhos sentem-se bem onde cresceram…

Pedro, se queres mesmo fazer algo pelo teu país, convida os engravatados e jotinhas que te rodeiam a dar uma volta. Cerca-te de pessoas que não vêem a realidade através de folhas de Excel. A economia são as pessoas. Vem conhece-las! Oferece enxadas… Faz algo! Se concluíres que nada podes fazer… emigra!

Obrigado pela atenção

José

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: