Carta a Pedro

Pedro,

Na segunda foram dois, ontem mais um e para a semana segue outro. Todos têm algo em comum, o de satisfazer o teu desejo: emigrar! O Portugal que tu queres cumpre-se, para minha grande tristeza e de muitos da minha geração. Vemos os nossos amigos partir, rumo a novos países, em busca do trabalho. Não digo melhores condições de trabalho; apenas trabalho!

Gostava de acreditar que o que tens feito, mais os que te assistem, é para o nosso bem mas custa crer que assim seja.

A geração do meu pai também teve de emigrar, em força! Recentemente talvez tenhas assistido a um filme que retrata um pouco essa geração (A Gaiola Dourada). Lá podes ver o desejo que eles têm em regressar, enquanto os filhos sentem-se bem onde cresceram…

Pedro, se queres mesmo fazer algo pelo teu país, convida os engravatados e jotinhas que te rodeiam a dar uma volta. Cerca-te de pessoas que não vêem a realidade através de folhas de Excel. A economia são as pessoas. Vem conhece-las! Oferece enxadas… Faz algo! Se concluíres que nada podes fazer… emigra!

Obrigado pela atenção

José

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: