Uma “bomba” neste início de época*

“Sou um velho anarquista. Aprendi há muito que uma mulher bonita não se distingue de uma bomba – no meu tempo, aliás, eram sinónimos – a não ser pela natureza do impacto.”

José Eduardo Agualusa, in Milagrário Pessoal

Muitas vezes, é por causa de “bombas” que se fala desporto. Todavia, para as “bombas” podemos encontrar diversos sinónimos. Desde mulheres bonitas a escândalos financeiros, de transferências volumosas a recordes incríveis! É no exagero que está o ganho. Na força do impacto. Quanto mais forte for a capacidade de perturbar o espetador melhor (até o acordo ortográfico causa impacto, confundido espectador e espetador – da acção inerente ao ato ou efeito de espetar).

Neste início de época vianense, a “bomba” tem sido o mau arranque da Juventude de Viana. A vice campeã nacional encontra-se em posições que a classificam como formação a lutar pela permanência no principal escalão do hóquei em patins nacional. A reformulação do projeto desportivo não tem corrido pelo melhor mas é nestes momentos de dificuldade que o apoio dos sócios, adeptos e vianenses em geral mais importa e mais significado tem. Este sábado faz-se história no hóquei em patins nacional. Frente a frente estarão duas formações do Alto Minho. A Juventude de Viana e o Limianos terão a honra de serem as primeiras formações do distrito a defrontarem-se ao mais alto nível. Vão querer os vianenses estar do lado de fora da história?

*originalmente publicado aqui

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: