Evolução na bola

Pedro Henriques defende, numa entrevista ao i, estas alterações:

“Tenho algumas ideias: cantos curtos, para quando a bola saísse pela linha de fundo, dentro das linhas da grande área; não concordo nada com o uso da mão (o futebol separou-se do râguebi há muito tempo) e os lançamentos passariam a ser feitos com o pé, criando mais situações de perigo; o cartão azul, como suspensão temporária para um jogador que já foi advertido, anterior ao cartão vermelho; estendia a linha de fora-de-jogo, que está no meio campo, para esticar o jogo; não parava o jogo para fazer substituições; e mudava as assistências aos lesionados com o jogo a decorrer: de certeza que haveria menos jogadores deitados na relva.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: